Um sonho um objetivo

Fantástico-Mulheres não assumem cargo por obesidade

Artigo escrito por: Karine
Públicado em: 06 Feb 11

Hoje assistindo ao Fantástico assisti a uma reportagem de mulheres que haviam sido aprovadas em concursos públicos e não puderam assumir os respectivos cargos por serem obesas.

Bem eu acredito que isto é pura descriminação, um jurista foi consultado durante a matéria e levantou algo que concordo plenamente, ele disse que no caso dos cargos para o qual elas haviam sido aprovadas não era necessário um bom condicionamento físico já que tratava-se de um concurso para professor.

Segundo o estatuto do funcionário publico um dos critérios para aprovação é ter aptidão física, mas não a especificações sobre o assunto.

Por exemplo, concursos para bombeiros, além da prova teórica e exames médicos há ainda uma prova que é realizada através de atividades físicas, pois a profissão exige muito da sua capacidade física, algo que não ocorre no que diz respeito a ser professor.

Nós sabemos que a sociedade é muito seletiva, principalmente na hora de se conseguir um emprego, a aparência é algo que infelizmente conta bastante, mas neste caso não se trata de um emprego em um estabelecimento privado, mas sim da aprovação em um concurso para um órgão publico.

É estranho imaginar que as pessoas podem ser descartadas em um concurso publico por características físicas, como ficam pessoas com doenças crônicas, ou ainda um cadeirante, poderiam eles serem reprovados em um exame médico após a aprovação em provas teorias de um concurso publico? Penso que seja um caso a se pensar!

E você qual a sua opinião?



Deixe seu comentario e participe

*